Nova York: Curiosidades imobiliárias de uma cidade cosmopolita

Nova York: Curiosidades imobiliárias de uma cidade cosmopolita

Além de um dos pontos turísticos mais visitado, a cidade esconde algumas peculiaridades no mercado imobiliário.

Nova Iorque é uma das cidades mais icônicas e populares do mundo quando se trata de turismo. Há muitas coisas para se ver e fazer na cidade que nunca dorme, desde visitar pontos turísticos famosos até explorar os bairros mais autênticos da cidade. 

O mercado imobiliário da cidade é conhecido por sua alta demanda e preços exorbitantes. A cidade é um centro financeiro e cultural, atraindo pessoas de todo o mundo para morar e trabalhar em seus arranha-céus icônicos. 

Neste post, resumi algumas curiosidades sobre o mercado imobiliário e como você pode se tornar um corretor e atender clientes extremamente exigentes e ricos.

Metro quadrado mais caro dos EUA

Quando se trata do valor do metro quadrado em Nova Iorque, a cidade é conhecida por ter alguns dos preços mais altos do mundo. 

De acordo com um relatório da CBRE Group, o preço médio do metro quadrado em Manhattan em 2021 teve um aumento de US$ 1.792, uma das maiores altas no mercado, tornando-o o mercado imobiliário mais caro dos Estados Unidos. As áreas mais caras da cidade incluem Tribeca, Chelsea e Central Park South.

Maior concentração de milionários do planeta

Em relação ao número de milionários em Nova Iorque, a cidade é o lar de muitos indivíduos de alta renda. 

O relatório do Wealth-X, Nova Iorque tem o maior número de indivíduos ultra-ricos (pessoas com um patrimônio líquido de pelo menos US$ 30 milhões) em todo o mundo, com mais de 10.000 residentes ultra-ricos em 2021. 

A cidade também tem um dos maiores índices de desigualdade de renda nos Estados Unidos, com uma grande discrepância entre os mais ricos e os mais pobres.

O corretor em NY

Se você está interessado em se tornar um corretor imobiliário em Nova Iorque, existem alguns requisitos que você precisa cumprir. Em primeiro lugar, você precisa ter pelo menos 18 anos de idade e possuir um diploma de ensino médio ou equivalente. 

Em seguida, você deve se inscrever em um curso de 75 horas em uma escola de corretagem imobiliária aprovada pelo Estado de Nova Iorque. 

Depois de concluir o curso, você deve passar no exame de licenciamento e se registrar como corretor imobiliário no Estado de Nova Iorque.

Outras curiosidades

Lofts

Os apartamentos “loft” são caracterizados por seus espaços abertos e janelas grandes, que permitem a entrada de muita luz natural. 

Eles se tornaram populares em Nova Iorque na década de 1950, quando artistas começaram a alugar espaços industriais abandonados para servirem como estúdios e residências. 

Hoje em dia, apartamentos “loft” são muito procurados e muitas vezes custam uma fortuna.

A maioria dos prédios de Nova Iorque não têm o número 13

Em muitas culturas, o número 13 é considerado um número de má sorte. Em Nova Iorque, muitos prédios omitiram o número 13 nos andares, assim como acontece em outros lugares do mundo. Em vez disso, eles vão do 12º andar para o 14º.

O edifício mais alto de Nova Iorque tem 541 metros de altura

One World Trade Center é o edifício mais alto de Nova Iorque e o sexto mais alto do mundo, com uma altura de 541 metros. Ele foi construído em 2013, na mesma localização do World Trade Center original, que foi destruído nos ataques de 11 de setembro de 2001.

Há um apartamento no topo da Ponte do Brooklyn

O arquiteto que projetou a Ponte do Brooklyn, John Augustus Roebling, construiu um apartamento para si mesmo no topo da torre do lado de Brooklyn. Depois de um acidente que o deixou incapacitado, ele supervisionou a construção da ponte de seu apartamento, usando um telescópio para observar o trabalho. Hoje em dia, o apartamento não é mais usado como residência, mas é usado como escritório.

A mansão mais cara de Nova Iorque é avaliada em quase US$ 200 milhões

A mansão mais cara de Nova Iorque, localizada no Upper East Side, foi avaliada em quase US$ 200 milhões. A propriedade inclui 12 quartos, 14 banheiros, uma piscina interna, uma adega e um cinema. O proprietário é o bilionário russo Dmitry Rybolovlev.

Para quem não conhece ainda, Nova Iorque é uma região incrível para se explorada e com uma gastronomia diversificada que pela sua quantidade de habitantes e expansão, uma pessoa normal levaria 65 anos, comendo todos os dias num restaurante diferente, para conhecer todas as opções que a cidade oferece.

Está gostando deste conteúdo? Compartilhe!

Últimos posts do blog

Quer sair na frente?

Então cadastre-se em nossa lista para receber mais conteúdos com estes.