Suas metas são plausíveis?

Suas metas são plausíveis?

Descubra como utilizar a técnica IKIGAI para tornar palpáveis as suas realizações.

Falar de metas pode parecer algo complexo, principalmente quando há aquela sensação de ‘inalcançável’ ou que é algo muito trabalhoso.

Há alguns anos, estudiosos de Harvard realizaram uma pesquisa com estudantes, onde questionava-se quem havia escrito metas para o futuro.

O resultado foi alarmante, onde apenas 3% haviam escritos suas metas, 13% tinham metas mas não tinham escrito nem registrado elas e o restante não tinham metas definidas.

Passaram-se 10 anos e repetiram a pesquisa.

Os que haviam definidos metas ganhavam o dobro dos que não haviam traçado nenhum plano de ação, ficando evidente o desenvolvimento e o registro das metas para se alcançar um objetivo.

Uma das formas de estabelecer um projeto de forma clara, é o Ikigai.

O que é Ikigai?

Ikigai surgiu no Japão para descrever a razão por que alguém levanta da cama todos os dias, ou seja, sua motivação para viver.

Trazendo para nosso contexto, nosso Ikigai é nossa motivação diária. Aquilo pelo qual lutamos e que nos trás algum tipo de satisfação.

Tendo base do seu significado e significância, especialistas e autores ao redor do mundo difundiram o ikigai como uma verdadeira filosofia de vida, com base na premissa de que, para viver mais e melhor, é necessário encontrar um ou mais propósitos.

Para alguns, o Ikigai podem ser metas diárias ou de longo prazo, mas que são tangíveis e palpáveis, sendo necessário um planejamento sólido e estruturado para sua realização.

A realização é um combustível para nosso cérebro, criando condições para que haja a liberação de dopamina, um neurotransmissor muito eficiente que transmite a sensação de prazer.

O que são metas plausíveis?

Nada mais é do que a construção de passos em direção à um objetivo.

Se você ainda não sabe a diferença entre metas e objetivos, recomendamos que clique aqui.

Partindo disso, criar tangibilidade ou que sejam palpáveis, é necessário um plano de ação, haja visto que metas por si só não fazem diferença se não houver execução.

Primeiro passo, em uma folha de papel, escreva seu objetivo.

Após definir seu objetivo, defina pequenas metas diárias que ajudarão na obtenção desse resultado, por exemplo:

Objetivo: Emagrecer 6kg em dois meses.

Meta 1: Diminuir frituras

Meta 2: Estacionar uma quadra distante do comum e caminhar alguns minutos

Meta 3: Trocar o carro por bicicleta uma vez na semana

Meta 4: Começar uma academia

Meta 5: Evitar o consumo de doces, bebidas alcóolicas e tabaco

Meta 6: Comer mais saladas

Apesar de ser um exemplo, se alguém seguir esse cronograma, alcaçará o resultado na íntegra ou boa parte.

Isso é para explicitar que tangibilidade de metas, nada mais é do que permitir de forma clara que você compreenda os passos a serem seguidos para se chegar num resultado.

Outro ponto interessante é determinar o prazo para que seja atingido o resultado, pois isso condiciona a um comportamento mesmo que subjetivo, que condicionará ao resultado.

Que tal começar a definir suas metas hoje mesmo?

Está gostando deste conteúdo? Compartilhe!

Últimos posts do blog

Quer sair na frente?

Então cadastre-se em nossa lista para receber mais conteúdos com estes.